Home
 
  Apresentação | Sobre a Doença | Calendário de Aulas | Esclarecimentos Pais e Educadores | Rotina de Insulinização | Conduta em Hipoglicemia  
 
             
 
FATORES DE RISCO
       
               
               
|
|
|
|
   
   
 
Idade, Sexo e Grupo Étnico
 
     
 
A maior incidência de DM1 ocorre entre os 10 e os 15 anos de idade, e é semelhante para ambos os sexos. A incidência e prevalência do
 
 
DM2 aumentam acentuadamente com a idade, particularmente após os 40 anos, sendo mais freqüente nas mulheres do que nos
 
 
homens.
 
     
 
O DM1 é mais freqüente na população de origem caucasóide do que nos outros grupos étnicos. Já o DM2 é mais prevalente nos demais
 
  grupos étnicos do que na população caucasóide.  
     
 
Obesidade
 
     
 
Obesidade não está associada com o desenvolvimento do DM1, porém é importante fator de risco para o DM2 (3 vezes mais), bem como
 
 
para o diabetes gestacional (2 vezes mais).
 
     
 
Sedentarismo
 
     
 
O sedentarismo não está relacionado com o surgimento do DM1. A inatividade reduz a tolerância à glicose, e o exercício físico a melhora.
 
 
Como o sedentarismo favorece a obesidade, que por si só é um importante fator de risco para o DM2, o exercício físico poderá reduzir o
 
 
risco de desenvolver esse tipo de diabetes.
 
     
 
Diabetes Gestacional
 
     
 
Mulheres que apresentam diabetes gestacional possuem elevado risco de virem a desenvolver diabetes posteriormente. Estudos
 
  prospectivos mostram que 60% das mulheres com diabetes gestacional progrediram para diabetes, num período de 16 anos.  
   
 
Fatores Ambientais
   
 
Fatores ambientais podem ter um papel importante na gênese do diabetes tipo 1. Tem-se observado, em vários países, uma variação
 
 
sazonal de sua incidência. Algumas observações sugerem que um fator ambiental como vírus (sarampo, rubéola, caxumba, coxsackie
 
 
B4) ou uma resposta imune a fator ambiental pode causar DM1, em indivíduos geneticamente suscetíveis.
 
     
 
Fatores Genéticos e Familiares
 
     
 
Indivíduos que possuem certos marcadores genéticos (alguns genes do sistema HLA) apresentam um risco de 4 a 9 vezes maior de
 
 
desenvolver DM1 do que os que não possuem. Entretanto, a recorrência familiar não é comum neste tipo de diabetes. Já os familiares em
 
 
primeiro grau de indivíduos com DM2 apresentam de duas a seis vezes mais chances de virem a desenvolver diabetes do que pessoas
 
 
sem história familiar, da mesma idade.
 
     
 
Contato / Localização Mapa do Site
facebook.com/icdrs Curta a página
 
         
Marcação de consulta:
  - Ambulatório: (51) 3341.4511 / 3357.2697  
  - Hospital-Dia: (51) 3357.2698
 
© 2017 - Instituto da Criança com Diabetes - todos os direitos reservados
Rua Álvares Cabral, 529 - Cristo Redentor - CEP: 91350-250 - Porto Alegre / RS
Fone: (51) 3362.7371   |   e-mail: icd@ghc.com.br   |   facebook.com/icdrs